Tipos de Painel Fotovoltaico

O painel fotovoltaico é o instrumento de captação da irradiação solar para converter em energia elétrica. Se você não conhece muito bem o assunto, os painéis fotovoltaicos são as placas pretas que ficam, geralmente, sob os telhados dos imóveis, expostos ao sol.

Geralmente, estas placas são produzidas baseadas em silício, e sua qualidade é determinada na forma como este material é organizado em nível molecular. Há painéis fotovoltaicos baseados em outros materiais, mas aqueles que utilizam silício representam quase 90% do total.

painel-fotovoltaico

Embora utilizem os mesmos materiais, há modelos diferentes de placas solares. Conheça o que é cada uma, e quais são sua principais características:

Painel Fotovoltaico Monocristalino

O painel fotovoltaico monocristalino é uma das técnicas pioneiras de fabricação de painéis solares, e apresenta uma alta eficiência de captação, em relação a outras tecnologias de painel.

Um painel monocristalino apresenta a vantagem de ocupar menos espaço do que outras centrais de captação (já que é mais eficiente), e apresenta alta durabilidade (cerca de 30 anos).

Do outro lado da balança, o painel solar monocristalino pesa no bolso: é o mais caro entre os tipos comerciais de painéis, além de estar entre os que apresentam o processo mais caro e agressivo, para o meio ambiente, de fabricação.

Painel de Silício Policristalino

Um painel de silício policristalino, como o próprio nome indica, também é baseado em silício, e sua principal diferença em relação ao monocristalino é a forma como o material é fundido.

Estruturalmente falando, um bloco de silício monocristalino é fundido em apenas um cristal (sua estrutura é adaptada para isso), enquanto o policristalino é um bloco onde os múltiplos cristais são unidos em um bloco, sem receber a modificação.

Essa diferença torna a sua fabricação um pouco mais barata, mas sua eficiência um pouco menor. Isso quer dizer que a instalação de um ambiente de geração de energia com painéis policristalinos exige uma área um pouco maior, mas torna-se menos cara.

Painel de Silício Amorfo

Painéis de silício amorfo são aqueles que não precisaram sofrer uma adaptação estrutural. Por isso, é mais barato e exige um gasto menor de silício (é necessário utilizar 100 vezes mais silício para a fabricação de uma mesma área de silício cristalino do que o amorfo).

O resultado, além do preço, é uma baixa produção de energia. Por isso, é comum que se utilize pequenas escalas de painel amorfo: como visto em calculadoras de bolso ou relógios, por exemplo.

Algumas novas tecnologias são desenvolvidas para a comercialização de um painel fotovoltaico baseado em silício amorfo, mas ainda é um processo caro e pouco utilizado no mercado.

Painéis Fotovoltaicos Orgânicos

O painel fotovoltaico baseado em células orgânicas é, na prática, um filme fino, capaz de absorver a luz solar e realizar a conversão em energia, mas que não se baseia no silício. Feito a partir de polímero orgânicos, não utilizar o silício o torna muito mais barato, mas sua aplicação comercial ainda não é comum, estando restrito a algumas áreas.

Sua desvantagem é a necessidade de grandes áreas de instalação, devido à baixa eficiência por metro quadrado.

Talvez você também goste dos artigos abaixo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *